Criação de búfalos

Same category People (78950):
Popular videos:
➡ Conheça e inscreva-se em nosso novo canal: http://bit.ly/IntensoPlayMusic
➡GANHE 10 Dólar/dia no YouTube: http://bit.ly/youtubeganhedinheiro
➡GANHE DINHEIRO EM CASA: http://bit.ly/downloadlivroaqui
➡ INSCREVA-SE: http://bit.ly/Aperteoplay10
➡ FACEBOOK: http://bit.ly/PáginaAperteoplay10
➡ CURTA NOSSA FANPAGE (página): http://bit.ly/vidanaroça

====================================================
Os búfalos são animais domésticos da família dos bovídeos, de origem asiática, utilizados para produzir carne e leite para consumo humano.
São classificados na sub-família Bovinae, gênero Bubalus, sendo divididos em dois grupos principais: o Bubalus bubalis com 2n=50 cromossomos, também conhecidos como "River Buffalo" búfalo-do-rio, e o Bubalus bubalis var. kerebau ou Carabao com 2n=48 cromossomos, composto por apenas uma raça, conhecida como "Swamp Buffalo" búfalo-do-pântano.[1]
O búfalo doméstico nada tem a ver com as espécies selvagens e agressivas do Bisão ou Búfalo Americano, Bos bison bison com 2n=60 cromossomos, nem com o Búfalo Africano, Syncerus caffer caffer, com 2n=52 cromossomos e pertence ao grupo dos big five). O período de gestação dos bubalinos pode variar de 278 a 311 dias, mais ou menos 9 a 10 meses, dependentes da região e da raça considerada.[2]
No Brasil, são reconhecidas pela Associação Brasileira de Criadores de Búfalos quatro raças: Mediterrâneo, Murrah, Jafarabadi (búfalo-do-rio) e Carabao (búfalo-do-pântano).[3] Os animais da raça Mediterrâneo têm origem italiana, possuem aptidão tanto para produção de carne quanto de leite, têm porte médio e são medianamente compactos.

Búfalos em Taiwan.
A raça Murrah, de origem Indiana, apresenta animais com conformação média e compacta, cabeças leves e chifres curtos, espiralados enrodilhando-se em anéis na altura do crânio. Jafarabadi, também indiana, é a raça menos compacta e de maior porte, apresenta chifres longos e de espessura fina, com uma curvatura longa e harmônica. A raça Carabao é a única adaptada às regiões pantanosas, e está concentrada na ilha de Marajó, no Pará e no Maranhão; teve sua origem no norte das Filipinas, apresenta pelagem mais clara, cabeça triangular, chifres grandes e pontiagudos, voltados para cima, porte médio e capacidade para produção de carne e leite, além de serem bastante utilizados como força motriz.

Búfalo da raça Murrah
Os Bubalinos têm temperamento dócil, o que facilita sua criação e manejo e se adaptam bem às condições ambientais úmidas. Como sua pele é preta com poucos pêlos também pretos, sofrem muito quando estão sob a luz do sol e, o que agrava ainda mais é a dificuldade que os bubalinos têm de dissipar o calor extracorpóreo, em função do reduzido número de glândulas sudoríparas. Por esse motivo, em seu ambiente criatório, ele necessita de açude ou lago para ficar mergulhado nas horas mais quentes do dia, tendo ainda como coadjuvante para a sua perfeita regulação térmica corpórea, áreas de sombra.
Tags:  aude  criação  de  búfalos 
Videos66

Uploaded:
Number of Views: 12,726,898
Number of Likes: 10,840
Category: People
Caption: [música]. [música]. velloso decidiu criar búfalos no lugar . de bovinos em pleno semiárido potiguar. os amigos achavam que ele estava prestes . a fazer uma grande bobagem mas eles . estavam errados . com a visão de quem precisa se adaptar. ao clima seco da região francisco deu . um tiro certeiro ao apostar na criação . de bubalinos. a única do rio grande do norte primeiro . fez várias visitas pelo brasil para . saber se o negócio vale a pena . depois comprou um lote de 20 animais e . avaliou o comportamento dos búfalos por . um ano. o resultado foi surpreendente grande . peso em 2005 tomou uma decisão radical . saiu da atividade de corte para a . atividade leiteira e passou a criar . apenas búfalos animais resistentes a . condição do semiárido e que se . adaptaram muito bem à região se . apaixonou pelo negócio olha só a . relação dele com os animais . quando você troca - animais os animais . se associam à presença humana isto a . bem estar então quando você apresenta . os animais se aproximam . então esse trabalho desde que o animal . na rússia até a vida adulta . e isso acontece com todo o rebanho . então a gente não ter lido aqui . cachorro a gente não produzia grito a . gente não tem nada disso os animais . são conduzidas da forma mais carinhosa . e nós dependemos e em pouco tempo . francisco montou um laticínio para . produzir apenas derivados do leite e da . búfala uma ideia visionária e meio as . deficiências do verdão e não é que . deu certo . hoje a fazenda de quase 400 hectares . produz de 2004 mil e 500 litros de leite . de búfala por mês dependendo das . condições climáticas no laticínio é . a produção se reverte em sete tipos de . peso . da conhecida mussarela de búfala salvo . provolone para atender às exigências . de um público bem seleto. o laticínio de leite de búfala hoje . com quase 150 funcionários vai de vento . em poupa um lugar para os quase cinco . anos de seca que atingem a região. a empresa se transformou numa das poucas . do nordeste a possuir o selo de. inspeção federal do ministério da. agricultura e é o único laticínio do . brasil autorizado a exportar a . produção. mas não se engane aqui nada é . desperdiçado o choro que sai daqui e . vai pra elite depois da ética vai ser . tratado na ete ele vai pra traficando . para irrigar a gente tenta não diz não . não desperdiçar nada nenhum tipo de . produtos . o choro que não é aproveitado ele vai . provar alimentação animal. tudo é aproveitado de forma que a gente . possa diminuir o impacto ambiental e. melhorar o ou produtividade no geral a . água é captada oito quilômetros de . distância. as duas lagoas de captação com . capacidade para um milhão e 200 mil . litros de água . recolhe toda a chuva que cai o pasto é . nativo e recebe o aproveitamento da luz . teresa do laticínio tudo pensado de um . jeito para aproveitar que o semiárido . oferece o veto ao morumbi só devemos . aprender a conviver com isso. então quantas se adaptar a essa . realidade tem espécies que se adaptem a . essa realidade eo búfalo vai muito bem . disso então pra gente alimentar o . búfalo a gente utiliza a . cana-de-açúcar é só a parte mais . baixa é mais um da fazenda utiliza um . cactus que a palma forrageira oriunda do . méxico e sobrevivi ao muito bom e tem . um custo aceitável . os novos investimentos da empresa dá um . tem uma idéia do que é a . sobrevivência no semiárido nordestino . a ordem é que antes era feita assim . agora será completamente automatizada . será a primeira ordenha rotatória para . buffalo . do brasil foram de trabalho tendo as de . melhorar a produção não. aqui tudo é feito pensando na economia . de cada um dos recursos. uma das coisas aqui um desanimado a . passar se alimentados por mérito e de . produção. hoje nós alimentamos por lotes de . animais que são super alimentar animais . são sub alimentados sistema cada animal . de sua identificação por chip e vai . receber exatamente a quantidade de . alimentos de acordo com seu mérito e . produção. isso vai gerar não só uma economia no . concentrado mas esperamos também um . aumento da produtividade do rebanho. a produção será de 100 toneladas de . queijo pouco mês distribuídos para . todo o nordeste. além do distrito federal mas o rio . grande do norte é o seu maior mercado . fica com quase 40% de tudo o que é . produzido nos próximos anos a . expectativa é dobrar a produção e . atingir outros mercados internacionais. na américa do sul também importante . pra gente e acho que a gente não é um . mercado interessante na alemanha uma . consulta de ronco e semana passada a . agência fornece hoje pra nova . representante na flórida também . trabalhando . [música]. [música]. .
 

You may also like: